www.aldeia.org | Actividades
Campanha captura ilegal
Notícias
 
O STRI faz 5 anos e lança a recolha "As Rapinas Nocturnas na Cultura Popular Portuguesa"
 
WORLD OWL CONFERENCE 2017
 
 

5 e 6 de Abril de 2008

II Jornadas de Biologia da Conservação

Macedo de Cavaleiros - Centro Cultural

 
Apresentação  |  Programa  |  Informações  |  Organização
  Destinatários  |  Alojamento  |  Apoios


Sábado, 5 de Abril
 
08:30 – Abertura do secretariado, recepção dos participantes;
09:30 – Sessão de Abertura

10:30 – Espécies ameaçadas do Nordeste - Planos de acção e recuperação
José Paulo Pires,
Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB)

11:15 – Intervalo

11:30 – O Abutre do Egipto: Bases Ecológicas para a gestão e conservação de uma espécie ameaçada
Laura Gangoso,
Estação Biológica de Doñana - Conselho Superior de Investigações Científicas (EBD – CSIC) , Espanha.
(resumo)

12:30 – Almoço;

14:00 –
Estabelecimento de acordos de colaboração para espécies ameaçadas. O Lince-ibérico como exemplo de gestão.
Fernando Silvestre,
Fundación CBD-Habitat, Espanha
(resumo)

15:00 – Conservação da Águia de Bonelli: O projecto Life no sul de Portugal
Luís Palma,
Centro de Estudos da Avifauna Ibérica (CEAI).
(resumo)

16:00 – Intervalo

16:30 – Compatibilização da Caça e Conservação
Paulo Célio,
Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos / Universidade do Porto (Cibio-UP)

17:30 – Recuperação das populações de Coelho-bravo na Peninsula Ibérica.
Francisco José Garcia,
Organismo Autónomo de Parques Nacionais (OAPN), Espanha
(resumo)

18:30 – Encerramento dos trabalhos


Domingo, 6 de Abril

10:00 – Acções de conservação para a Cegonha-preta
Francisco Guil (
Fundación CBD-Habitat), Espanha
(resumo)

11:00 – Intervalo

11:15 –
Conservação de Avifauna selvagem no meio Agrícola
Domingos Leitão,
Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA)
(resumo)

12:00 – Sessão de encerramento

12:30 – Almoço.

14:00 – Passeio ao Sítio de “Morais” (Rede Natura 2000).



ORADORES:

Henrique Pereira
Doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade de Stanford em 2002, tendo anteriormente obtido o grau de Mestre em Biofísica pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa em 1998, e a licenciatura em Eng. Electrotécnica e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico em 1995. É actualmente o Director do Dept. de Gestão de Áreas Classificadas do Norte do Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade e Investigador Convidado no Centro de Biologia Ambiental da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. De 2005 a 2007 foi Prof. Auxiliar no Instituto Superior Técnico, e de 2003 a 2005 foi o Coordenador da Avaliação de Portugal do Millennium Ecosystem Assessment (uma avaliação do estado dos ecossistemas do planeta conduzida por mais de mil cientistas de cem países). É autor de mais de duas dezenas de publicações científicas na área da Ecologia e da Biodiversidade, incluindo publicações na Science, Trends in Ecology and Evolution, Ecology, Ecography, Ecological Applications, Ecology and Society e American Naturalist. É ainda co-autor do Guia de Indicadores de Biodiversidade solicitado pelo Parlamento Europeu ao Conselho Europeu de Academias de Ciência, e do Relatório Síntese sobre Biodiversidade do Millennium Ecosystem Assessment. Apresentou comunicações em mais de uma dezena de conferências internacionais, incluindo conferências da Ecological Society of America, da Society for Conservation Biology, e da American Association for the Advancement of Science

Laura Gangoso
Investigadora (pós-doutoramento) na “Estação Biológica de Doñana, CSIC”, e trabalha em Ecología de Populações e conservação de aves de rapina, particularmente em sistemas insulares. Realizou a sua tese de Doutoramento "Insularidad y Conservación: el alimoche (Neophron percnopterus) en las Islas Canarias" no ano de 2006, dirigida por José Antonio Donázar, onde se aborda em profundidade a problemática de uma população insular ameaçada de Abutre do Egipto. Actualmente complementa esta investigação com o estudo da migração e manutenção de polimorfismo no Falcão de Eleonor (Falco eleonorae) nas ilhas Canárias.

Fernando Silvestre
Licenciado em Biologia trabalhou em diversos projectos de conservación, com Abutre negro e Águia imperial em Madrid, assim como nos Projectos Life “Conservación del águila imperial, lince, buitre negro, cigüeña negra y lince ibérico en fincas privadas”(1999-2003), ”Recuperación de las poblaciones de lince ibérico en Andalucía” (2002-2006) e ”Conservación y reintroducción del lince ibérico en Andalucía” (2006-2008). Actualmente é o responsavel pelas actuacções de seguimento e gestão das populações de coelho bravo e Lince ibérico da “Fundación CBD-Hábitat”.

Luis Manuel Abecasis Palma
Licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências de Lisboa 1977, encontra-se a terminar a tese de doutoramento sobre o tema “Ecologia e Demografia de uma População de Águia de Bonelli Hieraaetus fasciatus em Meio Florestal”. Foi preparador do Museu Zoológico e Antopológico da Faculdade de Ciências de Lisboa (Museu Bocage), Técnico Superior da Comissão Venatória Regional do Sul, Técnico Superior da Direcção dos Serviços de Caça da Direcção-Geral das Florestas, Técnico Superior do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, Técnico Superior do Gabinete de Relações Internacionais e Cooperação Externa do ICN, e assistente Técnico da Representação permanente da IUCN (The World Conservation Union) na Guiné-Bissau. Actualmente é Assessor da Faculdade de Ciências do Mar e Ambiente da Universidade do Algarve e membro investigador do Centro de Ciências do Mar e Coordenador do Projecto LIFE-Natureza “Conservação de Populações Arborícolas de Águia de Bonelli em Portugal” no Centro de Estudos de Avifauna Ibérica.

Francisco José Garcia
Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidad Complutense de Madrid, participou em diversos projectos relacionados com recuperação das populações de coelho principalmente para recuperação do Lince Ibérico (diagnóstico de las poblaciones de lince ibérico (Lynx pardinus ) en España, Desarrollo de la Estrategia Nacional de Conservación del lince ibérico Lynx pardinus en la Península Ibérica, etc. Actualmente é acessor do Organismo Autónomo de Parques Nacionais (OAPN) onde desenvolve o projecto “Seguimiento y evaluación de las poblaciones de conejo en la finca de Lugar Nuevo y Selladores-Contadero (Andújar, Jaén)” e especialista em mamíferos contratado pela Universidade de Autónoma de Madrid para o Projecto “Evaluación del impacto ambiental de la línea de AVE Madrid-Valencia (tramo Madrid-Cuenca, zona del Puerto de Cabreras) sobre los vertebrados”. Está também a desenvolver a tese de Doutoramento sobre a temática “Incidencia de los vallados cinegéticos sobre la fauna silvestre” .

Rubén Moreno-Opo
Licenciado em Biologia e técnico especialista de desenvolvimento e coordenação de projectos com espécies de aves ameaçadas, na “Fundación CBD-Habitat”. Participou em projectos de censo, seguimento, captura e conservação in situ de espécies como Aegypius monachus, Falco peregrinus, Aquila adalberti, Ciconia nigra e Tetrao urogallus (actualmente), assim como com factores de ameaça para a avifauna (electrocução em linhas eléctricas, colisão com aerogeradores e marés negras (Prestige). Foi o responsável pelo seguimento e análise de resultados do projecto LIFE “Conservación del águila imperial, buitre negro y cigüeña negra” da Fundación CBD-Habitat. Colaborou a nível professional com a SEO/BirdLife e com o Ministerio de Medio Ambiente - España.

Domingos Leitão
Doutorado em Ecologia e Biossistemática pela Universidade de Lisboa em Julho de 2003, tendo realizado os estudos de Doutoramento nas universidades de Lisboa e de Salamanca sobre a ecologia de aves em meios agrícolas. Trabalhou no Instituto da Conservação da Natureza, na Liga para a Protecção da Natureza e no Ministério da Educação, desenvolvendo estudos da biologia das aves, projectos de conservação e leccionando Biologia e Ciências Naturais. Publicou vários artigos e monografias científicas sobre a biologia e a conservação das aves. Actualmente é o Coordenador do Programa Rural da SPEA.


Copyright 2006 © www.aldeia.org
webmaster@aldeia.org