www.aldeia.org | Actividades
Campanha captura ilegal
Notícias
 
O STRI faz 5 anos e lança a recolha "As Rapinas Nocturnas na Cultura Popular Portuguesa"
 
WORLD OWL CONFERENCE 2017
 
 

12 a 15 de Agosto de 2010

Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, 5ª Edição

Figueira de Castelo Rodrigo - Casa da Cultura

 
Apresentação  |  Programa  |  Informações  |  Organização
  Alojamento  |  Apoios

12 de Agosto de 2010 – Quinta-feira
LOCAL: Casa da Cultura de Figueira de Castelo Rodrigo

15:00 - Abertura de secretariado, recepção e entrega de material aos participantes;
         - Apresentação do curso e respectivo programa;

16:00 – Módulo I – Identificação (Teórico);

16:00 – Introdução à Ornitologia. António Luís;
16:45 – Técnicas de Observação e Identificação de Aves de Rapina. António Monteiro;
17:30 – Intervalo;
18:00 - Casos práticos de Identificação de Aves de Rapina do Parque Natural do Douro Internacional. Jorge Amaral;
18:45 - Variações na Plumagem e Determinação de Idade em Aves de Rapina;
19:45 – Discussão;

20:00 – Jantar (em Figueira de Castelo Rodrigo);
22:00 – Projecção de vídeos – Identificação de Aves de Rapina;


(Dormida: Figueira de Castelo Rodrigo)


13 de Agosto de 2010 – Sexta-feira
LOCAL (ponto de encontro): Praça da fonte luminosa, Figueira de Castelo Rodrigo. 9:00.


8:00 – 13:00: Módulo II – Identificação (Prático)
- Identificação de Aves de Rapina no Campo;
- Avaliação da importância de diferentes tipos de Habitats para as diferentes espécies;
- Interpretação de biótopos agrícolas, florestais, agro-florestais, estepários, aquáticos dentro do Planalto de Riba-Côa;

Itinerário em autocarro intercalado com pequenos percursos a pé (Figueira de Castelo Rodrigo, Nave Redonda, Mata de Lobos, Almofala, Vermiosa, Malpartida, Vale de Coelha, Vale da Mula, Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo).


14:00 – Almoço no campo - Arribas do Rio Águeda, Santuário de Santo André das Arribas, Almofala;

16:00 – Módulo III – Metodologias de Censos (Prático)

- Métodos de Censo e Monitorização de Aves Rupícolas;
- Observação e contagem de Grifos em duas colónias importantes (Distribuição em 3 grupos);

Local: Arribas do Rio Águeda, Santuário de Santo André das Arribas. Almofala.

Aula de Conservação 1 (15 min): Campos de Alimentação de Aves Necrófagas.
Aula de Conservação 2 (15 min): Problemática do uso ilegal de veneno para as aves de rapina.

21:00 – Jantar em Figueira de Castelo Rodrigo

22:30 – Módulo III (cont.) – Metodologias de Censos (Prático)

- Métodos de Censo e Monitorização de Aves de Rapina Nocturnas;
- Pontos de escuta de aves de rapina nocturnas;

(Dormida: Figueira de Castelo Rodrigo)


14 de Agosto de 2010 - Sábado
LOCAL (ponto de encontro): Praça da fonte luminosa, Figueira de Castelo Rodrigo.

9:00 – 19:00: Modulo IV - Conservação (Prático)

- Continuação de Identificação de Aves de Rapina no Campo;
- Contacto com exemplos de acções de conservação de aves rupícolas;
- Contacto com exemplos de problemas de conservação;

Percurso em autocarro: Figueira de Castelo Rodrigo, Nave Redonda (paragem em montados de Nave Redonda), Barragem de Santa Maria de Aguiar.

Aula de Conservação 3: Problemática das linhas eléctricas para as aves de rapina;

Continuação do percurso (intercalado com pequenos passeios pedestres): Estepes de Mata de Lobos, Escalhão, Sapinha, Barca d´Alva, Ribeira de Mosteiro, Poiares, Penedo Durão.

Aula de Conservação 4: Ordenamento cinegético no PNDI;

13:00 – Almoço no campo (miradouro do Penedo Durão)

14:00 – Percurso pedestre no Penedo Durão;

15:00 – 20:00 – Percurso em autocarro: Penedo Durão, miradouro do Carrascalinho (Fornos), Lagoaça, Figueira de Castelo Rodrigo.
- Visita a exemplos de acções de conservação no âmbito do Plano de Emergência para a Recuperação de Aves Rupícolas (PEAR).

21:30 – Jantar em Figueira de Castelo Rodrigo;

22:30 – Sessão de identificação – projecção de fotos tiradas durante o curso.

(Dormida: Figueira de Castelo Rodrigo)


15 de Agosto de 2010 - Domingo
LOCAL (ponto de encontro): Praça da fonte luminosa, Figueira de Castelo Rodrigo.

9:00 – 13:00: Caminhada na Reserva da Faia Brava, ZPE Vale do Côa.
- Observação de aves;
- Visita aos principais locais do projecto de conservação de aves rupícolas na Reserva da Faia Brava (Associação Transumância e Natureza);
- A problemática dos incêndios rurais/florestais;
- A importância da agricultura tradicional na conservação da avifauna;

13:00 - Almoço: Hortas da Sabóia.

14:00 - 16:30 – Módulo V - Conservação (cont.): Apresentações sobre Problemáticas e Projectos de Conservação de Aves de Rapina em Portugal;

- Projecto Reserva da Faia Brava, ZPE Vale do Côa (Associação Transumância e Natureza). Alice Gama;
- Monitorização de Aves Rupícolas no PNDI. Jorge Amaral;
- O papel dos centros de recuperação na conservação de aves de rapina. José Póvoa;
- Situação actual e conservação da Águia-real no PNDI. João Quadrado;


16:30 – Debate final;

17:00 – Encerramento.

Formadores:

António Espinha Monteiro. Licenciado em Biologia - variante Recursos Faunisticos e Ambiente, pela Faculdade de Ciências de Lisboa, tendo dedicado o estágio desse curso à biologia e ecologia do Abutre do Egipto na região do Alto Douro. Possui duas pós graduações: "Manejo e Conservacion de Recursos Naturais" (Universidade Salamanca), e Rcursos Florestais e Ambiente (Universidade Coimbra). Trabalha desde 1994 para o Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade, tendo entrado para os seus os quadros em 1997. Participou activamente no processo de criação do Parque Natural do Douro Internacional, tendo sido vogal da Direcção dessa Área Protegida entre 1998 e 2003. Presentemente desempenha as funções de técnico superior no Departamento de Gestão de Áreas Classificadas do Norte /ICNB.

Jorge Amaral. Licenciado em Engª dos Recursos Naturais e Ambiente pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco, realizou estágio sobre Aves Nidificantes em quatro concelhos da Beira Alta, e estágio sobre a População de Águia-real no Parque Natural do Douro Internacional.Trabalha desde o ano de 2002 no Parque Natural do Douro Internacional, onde desempenha as funções de Técnico.

Alice Gama. Licenciada em Biologia pela Universidade de Aveiro. Assistente de projecto Talamanca Hawkwatch, realizando trabalho de investigação em Migração de Aves de Rapina no continente americano (2003-2006). Técnica de Conservação da Natureza e Educação Ambiental na Associação Transumância e Natureza, desde 2007.

 

 

 

 

 

 



Copyright 2006 © www.aldeia.org
webmaster@aldeia.org